BÁSICO FISCAL e CONTÁBIL para PROFISSIONAIS de TI-Transmissão ao vivo online

  • por
Map Unavailable

Date/Time
Date(s) - 22/10/2020
9:00 - 17:00

Location
Via WEB -On Line ao Vivo

Categories


Foco na escrituração, contabilizações e parametrização das principais operações de entrada de mercadorias e serviços

 

Objetivo

Proporcionar aos profissionais das áreas de informática e tecnologia da informação uma visão geral sobre os cálculos dos tributos, procedimentos fiscais e contábeis incidentes nas Notas Fiscais de Entradas e de Prestação de Serviços tomados pelas empresas.

Capacitando os profissionais quanto a compreensão dos Conceitos e Lançamentos contábeis de cada tributo (ICMS, IPI, PIS, COFINS, ICMS-ST) envolvidos nas principais operações de compra e aquisições das empresas. Visa ainda, demonstrar a importância da NCM e do CFOP constante nos documentos fiscais.

Público Alvo

Profissionais Informática e Tecnologia da Informação e dos demais departamentos da empresa que necessitam de conhecimentos básicos relativos aos tributos (ICMS, IPI, PIS, COFINS, ISS), Retenções na Fonte, Diferencial de Alíquota, Substituição Tributária, Contabilização e Procedimentos Fiscais.

 

Programa

1 – Importância dos Profissionais de Informática na Área Fiscal e Contábil 

2 – Noções de Contabilidade

– Importância da contabilidade nas empresas;

– Definições de Ativo, Passivo, Despesa, Receita, Resultado, Gastos e Custos;

– Plano de Contas (o que é e qual sua importância na Escrituração Contábil e Fiscal)

– Partidas dobradas e os Lançamentos contábeis

– Conceitos de “Débito” e “Crédito” na Contabilidade e na Escrita Fiscal
– Tipos de Tributação das Empresas (Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional):

3 – Noções de Escrita Fiscal

3.1. Conceitos Gerais ICMS, IPI, PIS, COFINS, ICMS-ST
– Incidência, Fato Gerador, Base de Cálculo, Alíquota, Não-incidência, Isenção, Suspensão, Imunidade e Diferimento
– Cálculo do ICMS “por dentro”
– Cálculo para inclusão do IPI na base de cálculo do ICMS
– Cálculo do ICMS na importação (observações quanto as exportações)

3.2. Cálculo do ICMS por Substituição Tributária

– Operação própria e substituição tributária
– Quando se aplicam a substituição tributária
– Quais produtos e situações estão sujeitos à substituição tributária

– Exemplo de cálculo envolvendo operações com Substituição tributária

– Antecipação Tributária: Em quais entradas se aplica, Diferenças com a substituição tributária

 

3.3. Cálculo do ICMS Por Diferencial de Alíquota – DIFAL

– Aquisição de contribuinte regime normal de apuração (Lucro Real e Lucro Presumido) de contribuinte de outra UF – cálculo
– Aquisição de contribuinte regime normal de apuração (Lucro Real e Lucro Presumido) de contribuinte de outra UF Simples Nacional – cálculo

 

4 – Créditos nas Operações com Mercadorias e Serviços
   – Condições para crédito do ICMS nas compras de insumos, mercadorias, ativo imobilizado e serviços de transporte e de telecomunicações

– Definição de Insumo para crédito de ICMS, IPI, PIS e COFINS
– Condições para crédito de IPI
– Condições para crédito de PIS e COFINS

– Forma de Contabilização dos tributos creditados e o impacto na conta “Estoque”

– Ativo Imobilizado: Créditos (ICMS, PIS e COFINS), CIAP, proporcionalidade, parte relativa a Despesas, Contabilização no “Circulante” e no “Longo Prazo”

– Compras de Empresas do Simples Nacional: O que a legislação permite/impede tomar como crédito dos tributos (ICMS, IPI, PIS e COFINS)

 

5 – Documentos Fiscais Eletrônicas

   – Quais os tributos que podem vir destacados;

– Quais tributos são recuperáveis

– Quais tributos não são recuperáveis (e por que)

– Como contabilizar estoque, fornecedor e os impostos.

– Principais tipos de NFs: compra normal, compra com entrega futura, compra subcontratação externa, compra bonificada, serviços.

– Importância das indicações de dispositivos legais
– Análise do CFOP – Código Fiscal de Operação

– Analise da CST – Código de Situação Tributária

– Importância da NCM – Nomenclatura Comum do Mercosul (TIPI)

 

6 – Irregularidades nos Documentos Fiscais
   – Documento inábil ou inidôneo

– O que é possível corrigir com a carta de correção
– Destaque a menor dos impostos na NF – Providências
– Destaque a maior dos impostos na NF – Providências

– Escrituração e Contabilização de documentos recebidos com irregularidades – Providências

7 – Escrituração, contabilização e cálculo de impostos referente aos documentos fiscais de aquisição de:

– Mercadoria para Revenda,

– Insumos para Industrialização,

– Material de Uso e consumo

– Bens para o Ativo Imobilizado

– Serviços (transporte e comunicação).

– Mercadorias bonificadas
– Mercadorias em demonstração
– Mercadoria em operação de venda à ordem

– Mercadoria em operação de venda para entrega futura

  7.1. Importação
      – Tributos devidos na operação
– Momento do pagamento dos tributos e da apropriação de Crédito

   – Importância da emissão da Nota Fiscal de Entrada

   – Escrituração dos Créditos

7.2.  Devolução e Não Aceitação da Mercadoria
   – Providências na devolução de mercadorias
– Providências quando da não aceitação da mercadoria

– Importância da emissão da Nota Fiscal de Entrada

8 –  Serviços Tomados de Empresas
   – Retenções exigidas do ISS/IRRF/PIS/COFINS/CSLL/INSS

– Particularidades na retenção de IRRF, PIS, COFINS, CSLL

– Particularidades na retenção do ISS (base de cálculo das retenções, local da prestação de serviços, etc)

– Particularidades na escrituração do INSS (abatimento de material aplicado, outras deduções permitidas, etc)

– Responsabilidade de retenção por parte do Tomador (mesmo não destacado em documento fiscal)

– Como saber se deve efetuar a retenção dos tributos não destacados em documentos fiscais

– Contabilização dos tributos Retidos na Fonte

– Análise financeira das retenções

 

9 – Exercícios de Fixação

Instrutor/Palestrante

Dirceu Antônio Passos
Advogado e Contabilista

Advogado, pós-graduado em direito tributário pela PUC-Campinas, Contabilista; 30 anos de atuação na área tributária de grandes organizações, incluindo empresas de auditoria e consultoria (PriceWaterhouseCoopers, KPMG); indústrias e comércio (Novartis, Compaq, Cotia Trading, K&G Fareva) e Logística (Logimasters, Dachser, Keepers e Martins). Atualmente é consultor tributário e responsável pela elaboração e apresentação de diversos cursos na área fiscal-tributária, além de professor de graduação e pós-graduação em contabilidade, controladoria e gestão tributária em faculdades da região de Campinas.

 

Informações Gerais

Data: 22 /10/2020 Duração: 1dia(s)
Horário: 09h às  12h e  14h às  17h Carga horária: 6 horas
Local: Plataforma IBECC ao vivo online
(com interação em tempo real com instrutor durante o evento).
Telefone: 41-35019182
Investimento: R$ 479,00 até 21/10/2020 após R$ 989,00
Descontos: 02 inscrições 15% desconto ou a 3ª inscrição cortesia.
Pagamento: *Depósito bancário, *boleto bancário e todos cartões em até 03x via pagseguro sem juros

*Agende o pagamento para data do evento.

Material Incluso:
  • Apostila digital: A apostila digital e instruções do curso serão enviadas um dia antes do evento via e-mail.
  • Certificado digital: Certificado: serão enviados por e-mail no dia seguinte ao evento com a participação mínima de 80%

De acordo com as determinações do Ministério da Saúde e da OMS a respeito da contenção da pandemia do COVID-19, com a preocupação com a saúde dos participantes, sabendo das necessidades deles, os cursos do IBECC agendados  serão realizados de forma online, ao vivo, pela internet.

O formato online é mais seguro à saúde dos alunos e também mais prático, não exigindo deslocamento nem gerando nenhum prejuízo em relação ao formato presencial.

Os alunos poderão interagir com perguntas e comentários durante todo o curso.

Para participação: computador, notebook  com internet, câmera  e com caixas de som ou fones de ouvido.

Consulte-nos para curso In Company Online ao Vivo ou Individual