BÁSICO FISCAL e CONTÁBIL para PROFISSIONAIS de TI

Foco na escrituração, contabilizações e parametrização das principais operações de entrada de mercadorias e serviços

Objetivo

Proporcionar aos profissionais das áreas de informática e tecnologia da informação uma visão geral sobre os cálculos dos tributos, procedimentos fiscais e contábeis incidentes nas Notas Fiscais de Entradas e de Prestação de Serviços tomados pelas empresas.

Capacitando os profissionais quanto a compreensão dos Conceitos e Lançamentos contábeis de cada tributo (ICMS, IPI, PIS, COFINS, ICMS-ST) envolvidos nas principais operações de compra e aquisições das empresas. Visa ainda, demonstrar a importância da NCM e do CFOP constante nos documentos fiscais.

 

Público Alvo

Profissionais Informática e Tecnologia da Informação e dos demais departamentos da empresa que necessitam de conhecimentos básicos relativos aos tributos (ICMS, IPI, PIS, COFINS, ISS), Retenções na Fonte, Diferencial de Alíquota, Substituição Tributária, Contabilização e Procedimentos Fiscais.

 

 

Programa

1 – Importância dos Profissionais de Informática na Área Fiscal e Contábil

 

2 – Noções de Contabilidade

– Importância da contabilidade nas empresas;

– Definições de Ativo, Passivo, Despesa, Receita, Resultado, Gastos e Custos;

– Plano de Contas (o que é e qual sua importância na Escrituração Contábil e Fiscal)

– Partidas dobradas e os Lançamentos contábeis

– Conceitos de “Débito” e “Crédito” na Contabilidade e na Escrita Fiscal
– Tipos de Tributação das Empresas (Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional):

3 – Noções de Escrita Fiscal

3.1. Conceitos Gerais ICMS, IPI, PIS, COFINS, ICMS-ST
– Incidência, Fato Gerador, Base de Cálculo, Alíquota, Não-incidência, Isenção, Suspensão, Imunidade e Diferimento
– Cálculo do ICMS “por dentro”
– Cálculo para inclusão do IPI na base de cálculo do ICMS
– Cálculo do ICMS na importação (observações quanto as exportações)

3.2. Cálculo do ICMS por Substituição Tributária

– Operação própria e substituição tributária
– Quando se aplicam a substituição tributária
– Quais produtos e situações estão sujeitos à substituição tributária

– Exemplo de cálculo envolvendo operações com Substituição tributária

– Antecipação Tributária: Em quais entradas se aplica, Diferenças com a substituição tributária

 

3.3. Cálculo do ICMS Por Diferencial de Alíquota – DIFAL

– Aquisição de contribuinte regime normal de apuração (Lucro Real e Lucro Presumido) de contribuinte de outra UF – cálculo
– Aquisição de contribuinte regime normal de apuração (Lucro Real e Lucro Presumido) de contribuinte de outra UF Simples Nacional – cálculo

 

4 – Créditos nas Operações com Mercadorias e Serviços
   – Condições para crédito do ICMS nas compras de insumos, mercadorias, ativo imobilizado e serviços de transporte e de telecomunicações

– Definição de Insumo para crédito de ICMS, IPI, PIS e COFINS
– Condições para crédito de IPI
– Condições para crédito de PIS e COFINS

– Forma de Contabilização dos tributos creditados e o impacto na conta “Estoque”

– Ativo Imobilizado: Créditos (ICMS, PIS e COFINS), CIAP, proporcionalidade, parte relativa a Despesas, Contabilização no “Circulante” e no “Longo Prazo”

– Compras de Empresas do Simples Nacional: O que a legislação permite/impede tomar como crédito dos tributos (ICMS, IPI, PIS e COFINS)

 

5 – Documentos Fiscais Eletrônicas

   – Quais os tributos que podem vir destacados;

– Quais tributos são recuperáveis

– Quais tributos não são recuperáveis (e por que)

– Como contabilizar estoque, fornecedor e os impostos.

– Principais tipos de NFs: compra normal, compra com entrega futura, compra subcontratação externa, compra bonificada, serviços.

– Importância das indicações de dispositivos legais
– Análise do CFOP – Código Fiscal de Operação

– Analise da CST – Código de Situação Tributária

– Importância da NCM – Nomenclatura Comum do Mercosul (TIPI)

 

6 – Irregularidades nos Documentos Fiscais
   – Documento inábil ou inidôneo

– O que é possível corrigir com a carta de correção
– Destaque a menor dos impostos na NF – Providências
– Destaque a maior dos impostos na NF – Providências

– Escrituração e Contabilização de documentos recebidos com irregularidades – Providências

7 – Escrituração, contabilização e cálculo de impostos referente aos documentos fiscais de aquisição de:

– Mercadoria para Revenda,

– Insumos para Industrialização,

– Material de Uso e consumo

– Bens para o Ativo Imobilizado

– Serviços (transporte e comunicação).

– Mercadorias bonificadas
– Mercadorias em demonstração
– Mercadoria em operação de venda à ordem

– Mercadoria em operação de venda para entrega futura

  7.1. Importação
      – Tributos devidos na operação
– Momento do pagamento dos tributos e da apropriação de Crédito

   – Importância da emissão da Nota Fiscal de Entrada

   – Escrituração dos Créditos

7.2.  Devolução e Não Aceitação da Mercadoria
   – Providências na devolução de mercadorias
– Providências quando da não aceitação da mercadoria

– Importância da emissão da Nota Fiscal de Entrada

8 –  Serviços Tomados de Empresas
   – Retenções exigidas do ISS/IRRF/PIS/COFINS/CSLL/INSS

– Particularidades na retenção de IRRF, PIS, COFINS, CSLL

– Particularidades na retenção do ISS (base de cálculo das retenções, local da prestação de serviços, etc)

– Particularidades na escrituração do INSS (abatimento de material aplicado, outras deduções permitidas, etc)

– Responsabilidade de retenção por parte do Tomador (mesmo não destacado em documento fiscal)

– Como saber se deve efetuar a retenção dos tributos não destacados em documentos fiscais

– Contabilização dos tributos Retidos na Fonte

– Análise financeira das retenções

 

9 – Exercícios de Fixação

Palestrante

Dirceu Antônio Passos, Advogado com pós-graduação em direito tributário pela PUC-Campinas, Contabilista; mais de 30 anos de atuação na área tributária de grandes organizações, incluindo empresas de Logística (Keepers, Martins, Logimasters e Dachser); auditorias e consultorias big four (PriceWaterhouseCoopers, KPMG); indústrias e comércios (Novartis, Compaq, Cotia Trading, KeG/Fareva); responsável pela elaboração e apresentação de diversos cursos na área fiscal-tributária na TIGERLOG, CIESP/FIESP, UNISESCON, SINDICON, MORAES-Cursos, IBECC-PR, SENAC, etc.; professor de graduação e pós-graduação em Faculdades na Região de Campinas.

 

Informações Gerais

Data: 25/06/2020 Duração: 1 dia(s)
Horário: 08h30 às 12h e 13h30 às 18h Carga horária: 8 horas
Local: Hotel Mercury 07 de setembro
Cidade: Curitiba
Endereço: Av. 07 de setembro 5368 Batel
Investimento: R$ 829,00 até 20/06/2020 após R$ 989,00

Descontos: 02 inscrições 15% desconto ou a  03ª inscrição GRÁTIS

Pagamento: Boleto bancário, depósito bancário e *cartões de crédito em até 12 parcelas*via Pagseguro.
Incluso: Coffee breack, Apostila e Pasta personalizada ,Material de apoio, Certificado.

-Os instrutores estarão disponíveis até 20 dias após o término do curso para responder, via e-mail, suas eventuais dúvidas referentes ao conteúdo apresentado.-Oferecemos um tarifário diferenciado em hospedagem para os inscritos.

“Faça este curso in company em sua empresa”


Dados da Empresa
Responsável pela Inscrição
Dados do(s) Participante(s)
Forma de Pagamento
Pessoa Física

*Cartão de crédito: Amex, Mastercard e Visa em até 12XChequeBoleto BancárioDepósito Bancário

Pessoa Jurídica

*Cartão de crédito: Amex, Mastercard e Visa em até 12XBoleto BancárioDepósito Bancário

* o parcelamento em cartão de crédito será feito através do Pagseguro, sendo que em mais de uma parcela acarretará juros da financeira conforme opção selecionada na confirmação do pagamento.
Gostaria de receber informações de Cursos?

EmailWhatsApp